Hmong comprometido com Jesus apesar da perseguição

Foto: J. Nelson Kraybill

Ponchai Banchasawan, pastor da congregação de Thupberg da Igreja Hmong de Cristo na Tailândia, está ao lado de um campo onde o presidente da sua congregação possuía uma casa de hóspedes que alugava para pessoas que estavam passando as férias nas montanhas. No verão de 2016, soldados do governo cercaram essa propriedade, disseram ao proprietário que ele não tinha permissão adequada e destruíram o prédio - uma perda de US $ 166.000. O pastor Ponchai acredita que a demolição veio do preconceito e da perseguição. Os seguidores de Jesus, Hmong, são uma minoria: pessoas de descendência chinesa em uma sociedade tailandesa e cristãos em uma cultura budista. A congregação do pastor Ponchai e outros do povo Hmong da Tailândia estão comprometidos com o caminho de paz e perdão de Jesus. Formando o sétimo Distrito Hmong da Igreja de Cristo na Tailândia, foram recebidos como membros da Conferência Mundial Menonita pelo Comitê Executivo do MWC em fevereiro de 2017.

—um comunicado da Conferência Mundial Menonita (MWC) por J. Nelson Kraybill, presidente da MWC
 

Click here to read this in English